Navigation Menu+

A Cidade

por

Série militante-poética por uma outra publicidade (e cidade) possível. 

foto // Aline Corrêa

A foto da Aline me comoveu muito. Uma das moradoras da ocupação Eliana Silva carregando tijolos para construir sua casa é emblemático. A cidade tem que morar e essa precisão a gente carrega junto com ela, nas costas.

MORRE

foto // Fabiana Leite

A estética, o gênero, o direito, [milhões]… A Marcha das Vadias com sua dança de massas cheia de cores grita com seus pêlos, peitos e fantasias que a cidade não pode morrer, porque a cidade não morre. A foto da Fabi tornou concreto o que o tema diz.

MANIFESTA

foto // Marllon Souza

Maconha e a Marcha da Maconha, a cidade e a maconha, o lirismo, o sonho e a maconha. ‘Ei, usuário, saia do armário!’. A foto do Marllon ressalta que esse é assunto de muro, de beco escuro e casa de família. E a cidade na fumaça manifesta.

foto // Flávia Mafra

foto // Flávia Mafra

Escolhi essa foto da Mafra por conta da Praia da Estação e do boneco do Lacerda que por lá circula. E a Praia,  e o Lacerda e a cidade mancomunam mesmo, pra todos os lados.

MULTIPLICA

foto // Laís Rodrigues

As ocupações se fazem também para multiplicar a cidade, os Fícus, as Dandaras, as tetês e as santas carregam essa semente que multiplica, muitas e muitas vezes, em nome do amor, porque amor multiplica e cidades são múltiplas, né?

Philippe Albuquerque Philippe Albuquerque (1 Posts)

Vinte e poucos anos, designer de profissão, músico de final de semana, militante de belo horizonte... vou de bicicleta, moro no santa tereza e acredito no amor


Pinterest

Fatal error: Uncaught Exception: 190: Error validating application. Application has been deleted. (190) thrown in /home/storage/e/a6/6c/revistamarimbondo/public_html/mais/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273